Apresentação



O Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRCSP), em obediência à Lei n.º 12.527/2011, a Lei de Acesso à Informação, disponibiliza todos os dados da entidade. O CRCSP respeita e acredita que é de suma importância a regulamentação do direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas do País.

O CRCSP é o órgão que registra, fiscaliza e investe no aprimoramento dos profissionais da área contábil em todo o Estado de São Paulo.

Com foco na fiscalização preventiva e devido ao dinamismo da profissão, o CRCSP faz grandes investimentos na área de Desenvolvimento Profissional. Aos profissionais da Contabilidade registrados e em situação regular são oferecidos seminários, palestras e oficinas técnicas com o intuito de promover atualização constante. O Conselho realiza também convenções regionais e promove, a cada dois anos, a Convenção dos Profissionais da Contabilidade do Estado de São Paulo.

Criado a partir do Decreto-Lei n.º 9.295/1946, que regulamentou a profissão contábil no país e instituiu os Conselhos Federal e Regionais de Contabilidade, o CRCSP possui um plenário formado por 36 conselheiros efetivos e 36 suplentes, com mandato de quatro anos, e que assumem o cargo por meio de eleição obrigatória.

Para agilizar o atendimento aos profissionais da contabilidade, além da sede localizada em São Paulo, o CRCSP possui 18 delegacias regionais e 127 delegacias locais, instaladas nas principais cidades do estado.

O Conselho também utiliza a tecnologia para facilitar o trabalho dos profissionais. Por meio do portal do CRCSP, o profissional da contabilidade tem acesso a uma variedade de serviços online e pode fazer solicitações e emitir documentos sem precisar se deslocar de sua casa ou escritório.

A Profissão

O papel do profissional da contabilidade nas empresas mudou muito nos últimos anos. Ele deixou de ser o responsável por encargos burocráticos e assumiu a posição de gestor. Afinal, é o profissional da contabilidade que detém as informações que auxiliam os empresários a tomarem as decisões estratégicas para o bom andamento dos negócios.

Nos últimos anos, a profissão passou por mais uma grande mudança com a harmonização das Normas Contábeis Brasileiras, das normas para a área pública e para auditoria aos padrões internacionais.

Definições

O termo profissional da contabilidade é utilizado para designar tanto os técnicos em contabilidade, com graduação em nível médio, quanto os contadores, com formação em curso de Ciências Contábeis. A diferença está em algumas atividades que são prerrogativas exclusivas dos contadores como perícia, auditoria e revisões contábeis.

De acordo com a Lei n.º 12.249/2010, que atualizou o Decreto-Lei n.º 9.295/1946, o registro em CRC como técnico em contabilidade foi assegurado até 1º de junho de 2015. Após essa data, somente bacharéis em Ciências Contábeis podem obter o registro. Técnicos em contabilidade que se registraram até 1º de junho de 2015 continuam a exercer a profissão.

Números

Segundo dados de 31 de julho de 2016, fornecidos pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), 532.193.profissionais da contabilidade possuem registro ativo no Brasil. São Paulo é o estado com o maior número de profissionais registrados: 149.901, número que corresponde a 28% do total. A maioria das organizações contábeis do país também se concentra no Estado de São Paulo. São 16.273, ou 30%, de um total de 54.579 empresas em todo o Brasil.

Lei da Transparência

A Lei n.º 12.527, sancionada pela presidente da República Dilma Rousseff, em 18 de novembro de 2011, tem o propósito de regulamentar o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas e seus dispositivos são aplicáveis aos três Poderes da União, Estados, Distrito Federal e Municípios.

A publicação da lei significa um importante passo para a consolidação democrática do Brasil. Por tornar possível uma maior participação popular e o controle social das ações governamentais, o acesso da sociedade às informações públicas permite que ocorra uma melhoria na gestão pública.

Saiba mais sobre a legislação específica aqui.